Translate

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

Evolução Humana. Museu Ufológico.Itaara.RS.2014


HISTÓRICO DO MUSEU

MUSEU INTERNACIONAL DE UFOLOGIA, HISTÓRIA E CIÊNCIA

"VICTOR MOSTAJO"

Primeiro e único da América Latina

Introdução:

O Museu Internacional de Ufologia, História e Ciência “Victor Mostajo” tem sua sede no Município Turístico de Itaara – RS, distante 15km de Santa Maria - RS, a Cidade Cultura.

Foi inaugurado no dia 24 de junho de 2001 como forma de contribuição para o entendimento da dinâmica do Cosmos e das Ciências Naturais bem como os mistérios do Universo.

Itaara - RS - 310km de Porto Alegre - RS

Missão:

É proporcionar aos visitantes o conhecimento e o desenvolvimento do espírito científico através dos temas: Cosmologia, Evolução da Vida, Paleontologia, Arqueologia, Astronomia e a Vida Extraterrestre/Ufologia, assuntos esses abordados e desenvolvidos de maneira clara e objetiva dentro de uma proposta pedagógica e com preceitos técnicos-científicos; bem como preservar e expor o acervo relacionado com a temática extraterrestre no âmbito nacional e internacional.

O Museu é oficialmente filiado aos orgãos da Museologia Nacional e Internacional:

INTERNATIONAL COUNCIL OF MUSEUMS (ICOM), INSTITUTO LATINO AMERICANO DE MUSEUS (ILAM), INSTITUTO DO PATRIMÔNIO HISTÓRICO E ARTÍSTICO NACIONAL (IPHAN), INSTITUTO BRASILEIRO DE MUSEUS (IBRAM) E SISTEMA BRASILEIRO DE MUSEUS, SISTEMA ESTADUAL DE MUSEUS (SEM).

O Museu é pioneiro na musealização do Patrimônio Cultural Material e Imaterial relacionado à temática vida extraterrestre conferindo-se o título de primeiro e único Museu no Brasil e Primeiro da América Latina. Como tal, constitui-se de fato e de direito como Instituição Museológica que desenvolve a preservação, investigação e comunicação desta inédita temática.

fonte:http://www.museufo.org.br/html/hist%F3rico%20do%20museu.htm

Antigo Vagonetes. Minas do Camaquã. Caçapava do Sul.RS.2014


visitamos a linda vilinha, e como não poderia deixar de ser, conseguimos apreciar o interessantíssimo Cine Rodeio, e o antigo maquinário das Minas, largado a ação do tempo, no jardim, além de outros locais da vila. Ficamos deslumbrados com a visão ao fundo da Pedra da Cruz, e outras tantas pedras imensas que rodeiam o local.

fonte:http://impressoesdeumexbeduino.blogspot.com.br/2014/11/visita-cacapava-do-sul-guaritas-e-minas.html

Las Bossorocas. Cacequi.RS.2015


Fui as tais Bossorocas, já que a ponte, ficava no outro extremo da cidade, e seria uma visita inviável devido ao tempo. Sai do centro rumo ao interior, passando os trilhos do trem, e a uns 3 km da cidade, me perdi em um entrocamento, e avistei um senhor, caminhando, devia ser um morador e lá fui eu indagar se conhecia as tais Bossorocas. Era um senhorzinho bem humilde, que até ficou surpreso com a minha pergunta. Disse ele: - Não faço ideia do que é isso meu filho. Ixi! É isso acontece. Como já havia acontecido nas Guaritas de Caçapava, muitas vezes a população local, mal conhece seu atrativo turístico, ou conhece por outro nome. Aí expliquei que queria saber onde ficavam os buracos fundos, do Macaco Branco. Aí o tiozinho entendeu. E começou a contar que era um lugar perto da estrada, muito bonito, que um médico queria comprar certa vez, e assim... assim. Muito atencioso em sua simplicidade, dizendo que até reportagem de jornal fizeram lá. Se tivesse tempo passaria a tarde ouvindo as histórias do velhinho, mas como o tempo era curto, me situei mais ou menos, e parti antes que chovesse, pois, a cara do tempo naquele dia não era nada animadora. Só eu mesmo para uma indiada dessas em dia cinzento em pleno inverno gaúcho. Mais um km e perguntei de novo, para um senhor que estava tirando leite de uma vaca, próximo a estrada. E me indicou que dali mais 2 km, haveria uma santinha a esquerda a beira da estrada, e lá eram as Bossorocas. E a chuva começou com pingos espaçados e grossos. Achei a Santinha! Bem acanhada, a beira da estrada, com uma escada escavada na terra vermelha, e sem placa alguma de identificação. Ao subir as escadas, vi umas duas placas de madeira, com inscrições bem pagadas, uma dizendo missões, e a outra não consegui ler. E me enfiei mato a dentro. O lugar é uma propriedade particular a beira da estrada, mas de livre acesso, apesar de nenhuma estrutura. Mas logo se vê os grandes buracos, parecendo ao meu ver ao menos, quenions formados pela erosão. Dentro existem arvores grandes até. O lugar é bem inusitado. Não sei se chega a ser uma das 30 maravilhas do Rio Grande, como li certa vez, mas é interessante, pra quem gosta de aventura no mato. Tirei as fotos que deu, em meio a chuva grossa que começou a cair. E só eu lá, na beira daquele despenhadeiro, tomando chuva no lombo. E infelizmente devido a chuvarada, não pude ficar muito tempo, nem tentar descer, para ver o vale de baixo, fiquei só na borda, sozinho entre diversas arvores, e pensando que se uma cobra me picasse aquela altura, não pegava nem celular pra pedir socorro. Tive então que voltar pro carro, e como o tempo estava estourando, sair voando para pegar minha mulher em São Vicente. E a Ponte do Entroncamento teve que ficar pra próxima.  

fonte:http://impressoesdeumexbeduino.blogspot.com.br/search?updated-min=2015-01-01T00:00:00-08:00&updated-max=2016-01-01T00:00:00-08:00&max-results=8

De ônibus em frente a Bombonera. Buenos Aires.AR.2013


La Bombonera (oficialmente Estádio Alberto J. Armando) é o estádio do Club Atlético Boca Juniors. Sua capacidade atual é para 49.000 pessoas. O campo segue as medidas mínimas permitidas pela FIFA (105m x 68m). O nome oficial homenageia o ex-presidente Alberto Jacinto Armando.

Seu apelido deve-se à sua forma retangular como a de uma caixa de bombons. A principal razão para isso é o reduzido espaço que fora destinado à sua construção, iniciada em 1923. A solução encontrada pelo arquiteto José Luiz Delpini - que lhe granjeou vários prêmios - foi a de criar três anéis de arquibancadas, de modo que quem assiste o jogo da terceira arquibancada tem de olhar para baixo se quiser assistir o jogo com clareza

fonte:wikipedia

Na direção do Buraco Fundo. Restinga seca.RS.2015


GEOSSÍTIO 16: BURACO FUNDO
Município: Restinga Seca

Descrição: O geossítio Buraco Fundo é um afloramento formado por grandes depressões que podem chegar a atingir 15 metros de profundidade. Estas feições foram geradas a partir de um grande processo erosivo que expôs grandes porções de rocha. Atualmente, foram providenciadas ações para a contenção do processo erosivo do terreno. O acesso para visitação é realizado através de estradas não pavimentadas partindo da cidade de Restinga Seca em direção a localidade de Faxinal a sul do mesmo município. O geossítio corresponde à unidade geológica Arenitos e conglomerados intercalados (Formação Santa Maria – Triássico Médio), e apresenta basicamente uma associação de depósitos sedimentares relacionados a canais fluviais. Devido ao potencial científico-pedagógico da área, o geossítio Buraco Fundo é de relevância regional.

fonte:http://www.cprm.gov.br/geoecoturismo/geoparques/quartacolonia/buracofundo.html

Rato Espinho. Santa Maria.RS.2012


Praça. Silveira Martins.RS.2012


Praça Giuseppe Garibaldi terá internet grátis
Nos próximos dias, o município vai disponibilizar na Praça Giuseppe Garibaldi, internet gratuita através da rede wi-fi (sem fio). Cada usuário poderá navegar uma hora por dia. O objetivo é fazer com que os cidadãos tenham acesso ao site da prefeitura municipal e seus serviços em geral, além de poder ter acesso a sites de educação, cultura e lazer.

“Possibilitar conexão gratuita à internet para nossos cidadãos é um grande passo no rumo da inclusão digital. Também é uma ferramenta importante para os turistas que visitam o município”, destacou o prefeito Rozimar Bolzan.

O município também disponibilizará acesso à internet, após concluída a reforma, na Biblioteca Municipal, fortalecendo e democratizando, ainda mais, esta ferramenta tão necessária no dia-a-dia da população.

- See more at: http://silveiramartins.rs.gov.br/2014/03/praca-giuseppe-garibaldi-tera-internet-gratis/#sthash.NHRu6RlP.dpuf

fonte:http://silveiramartins.rs.gov.br/2014/03/praca-giuseppe-garibaldi-tera-internet-gratis/

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

História Ferroviária. Santa Cruz do Sul.RS.2014

Centro de Cultura Jornalista Francisco José Frantz
Última atualização em, 28 de janeiro de 2014
Endereço: Rua Ernesto Alves, 817 - Praça Siegfried Heuser
Telefone: (51) 3056-2824

A antiga Estação Férrea de Santa Cruz do Sul abriga hoje o Centro de Cultura do Município, local onde comunidade e escolas podem divulgar seus trabalhos através de exposições e que também recebe oficinas oferecidas pelo Departamento de Cultura da Prefeitura.

fonte:http://www.santacruz.rs.gov.br/municipio/centro-de-cultura

Café da Mata. Porto Seguro.BA


Flamingos.Santa Maria.RS.2010


quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Château d'Eau. Cachoeira do Sul.RS.2015


Arte grega em Cachoeira do Sul
08 de janeiro de 2015
0
1937624

Os alunos da turma 101 da Escola Estadual de Ensino Médio Antônio Vicente da Fontoura, de Cachoeira do Sul, realizaram um trabalho sobre a influência da arte grega na arquitetura do município, na região central do Estado, a 200 quilômetros de Porto Alegre. O Château d’Eau, um dos seus principais pontos turísticos, possui as três colunas gregas: Dórica, Jônica e Coríntio. A professora de história Cleusa Dornelles teve a ideia de fazer uma aula diferente, na qual os alunos da turma pudessem ver, tocar e imaginar-se na Grécia Antiga. Ela ressalta a importância de os jovens explorarem o Château d’Eau, patrimônio histórico da cidade. Por isso, ela trabalhou, na disciplina de História, a arquitetura grega em Cachoeira do Sul, uma forma de aproximar os alunos do contexto histórico da Grécia Antiga e da riqueza de Cachoeira do Sul, cidade importante no período do Brasil Colonial. Cleusa enfatiza a necessidade de extrapolar os limites da escola em busca da riqueza arquitetônica de Cachoeira do Sul. “Nada melhor do que fazê-lo com alunos, que, futuramente, serão multiplicadores e conservadores de outros bens culturais”, afirma.

1882118

Ela diz que não basta “tombar”, é necessário que se conheça cada detalhe da obra. A professora conta que, na mostra pedagógica realizada pela escola, a maioria dos trabalhos era de química e ciências, mas a turma 101 do Ensino Médio optou pela valorização da arquitetura em Cachoeira do Sul. “Os meus alunos da turma 101 vão olhar o Château d’Eau com outros olhos, sentindo em cada coluna, em cada detalhe, a dedicação de um arquiteto, de um historiador, de uma civilização”, entusiasma-se. “Esperamos que a sociedade cachoeirense aprenda a valorizar todas as influências de todas as épocas e de diferentes grupos étnicos que fazem parte da história do nosso município”, finaliza a professora.

fonte:http://wp.clicrbs.com.br/almanaquegaucho/2015/01/08/arte-grega-em-cachoeira-do-sul/?topo=13,1,1,,,13

Pelas Ruas. Curitiba.PR.2013

Fotografado por: Denise Machado Moraes

Fonte das Nereidas. Praça Pedro Osório. Pelotas.RS.2011


Cidade de Brinquedo. Gramado.RS.2010


quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Estatuas. Jardim das Esculturas. Júlio de Castilhos.RS.2012


Cenário surpreendente: um jardim de esculturas, em Júlio de Castilhos
Os 107 trabalhos saltam aos olhos em meio a um povoado de 230 pessoas

Os 38 quilômetros de chão batido que separam a localidade de São João dos Mellos, o 3º distrito de Júlio de Castilhos, da BR-158, são marcados pela paisagem de lavouras de soja e fumo. Depois de alguns minutos na poeirenta estrada, no entanto, o cenário surpreende: um jardim com 107 esculturas em pedra salta aos olhos em meio ao povoado de cerca de 230 pessoas.

É esse mesmo caminho que percorrem turistas de diferentes partes do país, do Chile, do Uruguai e da Argentina, que descobriram o Jardim das Esculturas, de propriedade do artista Rogério Bertoldo, 40 anos. Apesar de o sítio onde vive com sua mulher Giselda Bertoldo, 31 anos, ter recebido 1,2 mil visitantes no ano passado, o local permanece desconhecido para boa parte dos moradores da Região Central.

Com visitação apenas aos fins de semana e, preferencialmente, sob agendamento, o sítio abriga obras que têm, em média, 1m80cm de altura.

Esculpidas em arenito, vindo de Jaguari, elas não pesam menos de 250 quilos.

fonte:http://zh.clicrbs.com.br/rs/noticias/noticia/2010/05/cenario-surpreendente-um-jardim-de-esculturas-em-julio-de-castilhos-2899252.html

https://www.facebook.com/jardimdasesculturas

Preparativos para o Natal. Nova petrópolis.RS.2012


Perau. Santa Maria.RS.2010


Cruz dos Degolados. São Martinho da Serra.RS.2012


A CRUZ DOS DEGOLADOS - SÃO MARTINHO DA SERRA - RS
Neste local, denominado Volta da Capoeira, antiga picada de São Martinho, hoje conhecida como Perau Velho de São Martinho, em 1894, durante a Revolução Federalista, 12 maragatos foram degolados. Amarrados com pés e mãos para trás, ajoelhados e com a cabeça estendida para trás a faca foi passada de orelha a orelha. E aqui está a Cruz dos Degolados, uma homenagem da Prefeitura Municipal de São Martinho da Serra aos maragatos que aqui derramaram seu sangue escrevendo a história do Rio Grande do Sul.

Dizem as placas ao pé da cruz encimada por um lenço Vermelho:

A. T. Poncho Branco Sta Maria
1ª Cavalgada "Recordando o Passado"
Em lembrança aos Maragatos
que aqui derramaram seu sangue,
escrevendo assim a história do RGS.
20 de Março de 2009.


O que é a revolução?
Luta de irmão contra irmão.
São partidos exaltados
Na serra de São Martinho
Bem a beira do caminho
Tem a cruz dos degolados.


Heroísmo Maragato Teófilo Vargas


ADM 93/96
PRIMEIRA ROMARIA INTERMUNICIPAL DE CAVALEIROS


Ajoelhado neste altar sagrado
Que tingiu o chão de vermelho
A Deus eu peço conselho
Que o presente não cometa
O erro aqui relembrado.


Francisco Noemio Pereira Dias
São Martinho, 23 de março de 2003.

fonte:http://dtpinheiro.blogspot.com.br/p/historia.html

segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Park Witeck. Novo Cabrais.RS.2015


O Parque Witeck é um lugar que enche nossos olhos, onde a todo momento somos surpreendidos com belas cenas. Essa é apenas uma delas.

Balneário das Tunas. Restinga seca.RS.2015


Camping Balneário Passo da Tunas

Local oferece:
aceita pagamento com cheque, açudes/rios/lagos para banho(e/ou), água potável, água quente no chuveiro, área verde, banheiro, campo de futebol, churrasqueira, cozinha coletiva, esgoto, estacionamento, lancheria, locação de barraca, luz 220 volts, quadra de vôlei de areia, restaurante, sala de jogos, segurança 24h


Localização:
Endereço: Sandoval Polmann
Município: Restinga Seca

Vias de acesso: BR 287, RS 149, BR 392
Distância Capital (km): 258
Distância Centro (km): 13

Contato:
Telefone: 55 (55) 3261-3200 / 9972-0556

Temporada:
dezembro a março


fonte:http://www2.turismo.rs.gov.br/portal/index.php?q=estabelecimento&mun=259&cod=3&te=h&opt=1&id=98&fg=3&ts=

https://www.facebook.com/Praia-das-Tunas-327017744103118/timeline/

Primavera Amarela. Mata.RS.2013


Praia de Trancoso.Ba.2013


Um dia perfeito.

Praia da Ferrugem. SC. 2011


Lagoa. Imbé.RS.2010


Marina Park. Capão da Canoa.RS.2010


quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Estação Férrea. Cacequi.RS.2015


O Amigo Chiquinho. Tapes.RS.2015


Parque Histórico. Dona Francisca.RS.2015


Lugar muito muito bonito, é uma praça grande, com exposição de utensílios antigos, utilizados pelos colonos, tem também um museu, e casa de produtos colonias, também fechados nesse dia. Possui um belo lago, com uma ponte e uma roda de moinho. Um lugar para sentar, relaxar, e curtir com a amada.

fonte:http://impressoesdeumexbeduino.blogspot.com.br/

Uma bela vista. Porto Seguro.BA.2013


Igreja. Silveira Martins.RS.2013


Casa Antiga. Pelotas.RS.2011


Prédio do Antigo Colégio Industrial, Atual Cerrefour. Santa Maria.RS.2015


Escola de Artes e Ofícios, fundada em 1922, e edifício do internato masculino anexo. A partir de
1943, denominada Escola Industrial Hugo Taylor. Abaixo o edifico principal destruído por incêndio na
década de 80. Mais abaixo o mesmo prédio com fachada restaurada, onde funciona atualmente o
hipermercado Carrefour.

Fonte: Arquivo Municipal de Santa Maria.